Fernando Sabatini Cavazzola
   O valor da palavra

Jesus dizia: “que o seu sim seja sim, e que o seu não seja não”.  Se você assumiu uma responsabilidade, vá até o final. Mantenha sua palavra, porque ela é preciosa.
Cada vez que sua palavra é honrada por seus gestos, ela se torna mais forte. Quando você dignifica sua relação com os outros, dignifica também sua relação com você.
Os que prometem – e não cumprem – vivem criando problemas  para si mesmos. Perdem o respeito próprio, têm vergonha de seus  atos. A vida destas pessoas consiste em fugir; elas gastam muito  mais energia  desonrando  a  palavra,  que os  honestos   gastam  para manter seus compromissos.
Se você assumiu uma responsabilidade boba, que resultará em prejuízo de entusiasmo, tempo e dinheiro, não torne a repetir esta atitude.
Mas, desta vez, honre sua palavra



Escrito por Cavazzola às 21h17
[] [envie esta mensagem] []


 
   Isso aqui oo é um pouquinho de Brasil iaia

Período em motel é rifado por servidora na Assembleia da Bahia

Segundo Shirlei Góes, que vendeu bilhetes, dinheiro é para ajudar amiga.
Nenhum funcionário assumiu ter comprado a rifa. 

Bilhete de rifa vendida na Assembleia da Bahia (Foto: Reprodução/ TV Bahia)
Bilhete de rifa vendida na Assembleia da Bahia
(Foto: Reprodução/ TV BA)

Um período de quatro horas em um dos motéis mais luxuosos de Salvador por apenas R$ 5.
Este é o prêmio oferecido por uma rifa que circulou entre deputados e funcionários da Assembleia Legislativa da Bahia, em Salvador.

Os bilhetes foram vendidos pela servidora Shirlei Góes, que tem cargo de chefia. Segundo ela, a iniciativa foi para ajudar uma colega que está doente e passa por dificuldades financeiras. O prêmio começou a ser sorteado no último dia 30 pela Loteria Federal, mas de acordo com a responsável pela rifa, até agora, ninguém ganhou a noite no motel.

Shirlei conta que arrecadou R$ 450 e não esperava que fosse gerar tanta discussão. "Eu estou vendo a Assembleia Legislativa como a empresa em que eu trabalho. Acredito que em qualquer empresa que você trabalhe, é normal colegas se unirem para tentar ajudar um colega que passa por dificuldades", justifica.

Suíte do motel cujo período foi rifado (Foto: Reprodução/ TVBA)
Suíte do motel cujo período foi rifado
(Foto: Reprodução/ TVBA)

A servidora só admite um erro: ter usado o telefone do gabinete dela para vender os bilhetes. "Fui realmente ingênua em colocar o telefone da Assembleia e fico muito sentida de estar causando todo esse transtorno para a Casa', completa.

A equipe de reportagem não conseguiu falar com nenhum funcionário que admitisse ter comprado a rifa. Alguns deputados criticaram a iniciativa da funcionária. "A Assembleia não é lugar para se rifar coisas desse tipo", afirma o deputado Deraldo Damasceno (PSL).

"Não é o local adequado independentemente de partir de um parlamentar ou de um servidor da Casa", opina o deputado Rosemberg Pinto (PT).



Escrito por Cavazzola às 15h36
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Existe um exercício de meditação que consiste em acrescentar – geralmente durante dez minutos por dia – um motivo para cada uma de nossas ações.

Um exemplo: “eu agora leio o jornal porque quero me  informar. Eu pensei agora em tal pessoa, porque  tal  assunto que li me levou a isto. Eu andei até a porta, porque vou sair  de casa”. E daí por diante.

Buda chama isto de “atenção consciente”. Quando nos vemos repetindo a mais comum das rotinas nos damos conta da riqueza de nossa vida. Compreendemos cada passo, cada atitude. Descobrimos coisas importantes, e pensamentos inúteis.

No final de uma semana – a disciplina é sempre  fundamental – estamos mais conscientes de nossas faltas e distrações. E isto nos deixa mais fortes.



Escrito por Cavazzola às 00h17
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Chery lança o QQ a R$ 22,9 mil, o carro mais barato do Brasil

Compacto é equipado com motor 1.1 de 68 cv, a gasolina.
Chinesa quer concorrer com GM Celta, Fiat Uno e Effa M-100.

A chinesa Chery lançou nesta quinta-feira (28), no Rio de Janeiro, o compacto QQ (leia-se que quê), que chega às lojas por R$ 22.990, em uma única versão, tornando-se o carro mais barato do Brasil - ele desbanca o Fiat Uno Mille Economy, que começa em R$ 23.220,00. O objetivo é concorrer diretamente também com o GM Celta (vendido a partir de R$ 26.115,00) e outro chinês, o Effa M100 (R$ 24.980,00, segundo a montadora).

Chery QQ  (Foto: Raul Zito/G1)
Chery QQ foi visto pela primeira vez no Salão de SP, em outubro passado (Foto: Raul Zito/G1)

Apresentado no último Salão de SP, em outubro passado, o QQ visa atender à nova classe média, hoje composta pela classe C. "São 90 milhões de brasileiros nesta classe, que é a que a Chery quer atingir", destaca o presidente da Chery no Brasil, Luis Curi. A fabricante pretende vender 12 mil unidades do modelo neste ano.

De fábrica, o modelo vem com ar-condicionado, direção hidráulica, freios ABS, airbags, vidros, travas e espelhos com acionamento elétricos, regularem de altura do farol, entre outros itens. "É um carro de entrada que vem todo completo", afirma o executivo.

chery qq (Foto: Divulgação)
QQ já está à venda no país (Foto: Divulgação)

O QQ mede 3,55 m de comprimento, 1,49 m de largura, 1,48 m de altura e tem 2,3 m de distância entreeixos. O motor, a gasolina, é 1.1 de 68 cavalos, a 6.000 rpm, e tem 9,1 Kgfm de torque máximo, a 4.000 rpm. A capacidade de carga é de 190 litros, diz a montadora.

O carro terá oito opções de cores e tem garantia de três anos, desde que as revisões sejam feitas nas lojas da rede. A primeira revisão é feita com 2.500 km e sai por R$ 99. A de 10.000 km sai por R$ 149, a de 20.000 km por 199 e a de 40.000 tem preço fixado em R$ 149.

Outros lançamentos
Os esforços em marketing da Chery também se concentram em outros lançamentos para ano, como o Fulwin2 1.5 MT Flexfuel (hatch e sedã), o Tiggo 2.0 AT (automático), o Cielo 1.8 AT, S18 1.3 MT e o S18D 1.3. Os preços de toda a linha variam de R$ 22,9 mil a R$ 50 mil.

No ano passado, a marca chinesa vendeu 7,8 mil unidades no Brasil. A meta para 2011 é vender 25 mil.  Para isso, afirma Curi, a rede de concessionárias será ampliada de 75 para 100 lojas. "No primeiro trimestre, vendemos 3,1 mil carros", diz o presidente. Além disso, a Chery investirá R$ 400 milhões na construção da fábrica de Jacareí, no interior de São Paulo, que começa em julho. Será a primeira da montadora chinesa fora de seu país de origem.

qq bagageiro (Foto: Divulgação)
Detalhe do porta-malas do QQ (Foto: Divulgação)



Escrito por Cavazzola às 00h08
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Deputado Chalita é convidado para disputar prefeitura de SP pelo PMDB

Peemedebistas negociam com deputado saída dele do PSB.
Segundo Temer, resposta final de Chalita será dada até maio.

Nathalia Passarinho Do G1, em Brasília

O deputado Gabriel Chalita (PSB-SP) em conversa com a deputada Luiza Erundina (PSB-SP) (Foto: Leonardo Prado/Agência Câmara)
O deputado Gabriel Chalita (PSB-SP) em conversa
com a deputada Luiza Erundina (PSB-SP)
(Foto: Leonardo Prado/Agência Câmara)

O vice-presidente Michel Temer convidou o deputado federal Gabriel Chalita (PSB-SP) a disputar a prefeitura de São Paulo pelo PMDB. Segundo a assessoria de Temer, o vice-presidente afirmou que “as conversas com Chalita” para que ele deixe o PSB “estão avançadas”.

O PMDB espera que o deputado dê uma resposta final até maio. De acordo com a assessoria de Temer, todas as condições para que ele aceitasse o convite já foram atendidas pelo partido.

O G1 tentou contato nesta sexta-feira com os assessores de Gabriel Chalita em São Paulo, mas eles não atenderam aos telefonemas.

Vereador campeão de votos em São Paulo, Chalita se desligou do PSDB em setembro de 2009 para se filiar ao PSB. Em outubro de 2010, ele saiu vitorioso na disputa para deputado federal.

Chalita estaria interessado, agora, em migrar para um partido que desse a ele condições de disputar um cargo de expressão em São Paulo, como a prefeitura paulistana



Escrito por Cavazzola às 12h18
[] [envie esta mensagem] []


 
   Benefícios da caminhada

Vantagens

- Melhora a circulação e a atividade do coração, além da diminuir os riscos de problemas cardíacos.

- Reduz gorduras localizadas e é excelente para quem é sedentário e quer começar um programa de exercícios.

- Com a caminhada, o risco de lesão é pequeno, já que a atividade é de intensidade baixa.

Riscos

- Os riscos da caminhada são quase que inexistentes. Mas eles podem aparecer se a pessoa não tiver acompanhamento médico ou o ritmo da caminhada for pesado.

- Os batimentos do coração não podem ultrapassar 75% a 80% da freqüência normal.

Observação: para calcular a sua freqüência cardíaca ideal, os médicos costumam recomendar usar a fórmula: 220 - idade = freqüência cardíaca total (100%). Na dúvida, consulte um médico.

- Uma pessoa sedentária corre mais riscos que uma pessoa ativa, tanto na caminhada como em outras atividades físicas.

Período mínimo para fazer efeito

- De três a cinco vezes por semana, 30 minutos ao dia.

- Para quem estiver começando, o ideal é alternar um dia de descanso com um dia de exercício.

Gasto calórico médio

- De 200 a 400 kcal/hora

Observação: A queima das gordurinhas depende do sexo, idade, metabolismo e condicionamento físico da pessoa.

Quem deve fazer

- Todas as pessoas, das mais diversas idades, desde que tenham passado por uma consulta médica.



Escrito por Cavazzola às 12h16
[] [envie esta mensagem] []


 
   Verdades e mentiras sobre o vinho

Mentiras

Vinho, quanto mais velho melhor Nem todos os vinhos são beneficiados pelo envelhecimento. O envelhecimento proporciona a evolução dos componentes do vinho, mas é necessário ter estrutura de tanino e outros componentes para que o tempo seja benéfico e nem todos os vinhos têm este requisito. Durante o envelhecimento algumas características dos vinhos jovens como aromas de frutas frescas são substituídos por aromas mais evoluídos como os de frutas em calda e frutas secas. Em geral vinhos brancos e espumantes não devem ser guardados, pois suas características mais importantes, o frescor e os aromas de frutas se perdem com o tempo. Somente vinhos brancos de regiões muito especiais, como a Bourgogne, na França, ganham com o tempo. Vinho tinto deve ser tomado em temperatura ambiente

Essa afirmação só e verdadeira quando se fala da temperatura ambiente das caves européias, onde o vinho está sempre em torno de 14ºC. Tomar vinho tinto na temperatura ambiente de nosso verão tropical fará com que a emanação alcoólica seja forte demais, impedindo que os outros aromas sejam percebidos adequadamente. Vinho bom é vinho docinho Em geral, os vinhos ao término da fermentação são secos. Todo o açúcar natural das uvas foi transformado em álcool. Os vinhos suaves recebem açúcar depois de prontos, assim como adoçamos o café ou o suco. O açúcar mascara os sabores naturais e engana o paladar. Vinhos de boa qualidade são secos, pois nenhum enólogo em sã consciência colocaria açúcar em um vinho de qualidade. Vinho branco bom é aquele de cor amarela bem forte Vinhos brancos têm coloração bastante leve, que vai do quase incolor ao amarelo claro, com reflexos esverdeados ou dourados. Eles terão cor amarela forte, dourada, em duas situações: se forem fermentados em ou se sofreram ação do calor e ou da luz direta, ou seja, está deteriorado. Quem gosta e entende de vinhos é Enólogo. Uma das confusões mais freqüentes. As pessoas que gostam de vinhos são enófilos. Enólogos são os profissionais que trabalham nas vinícolas e que são responsáveis pela elaboração do vinho.

Verdades

Vinho tinto é para carnes vermelhas e vinho branco para carnes brancas Esta afirmação é verdadeira em parte. Pratos de sabor mais forte precisam de vinho com mais estrutura, para que os sabores se completem sem que um anule o outro. Um vinho muito potente junto com um prato leve vai massacrar o prato e vice-versa. Mas existem desdobramentos desta teoria, pois a forma de preparo do prato é muito importante para o sabor final. Frango assado ou ensopado é perfeitamente acompanhado por um vinho tinto. Deve ser guardado deitado, ao abrigo da luz e com temperatura constante A garrafa deitada mantém a rolha em contato com o vinho, impedindo que ela resseque e permita a entrada do ar que azedaria o vinho. Os vinhos com rolhas sintéticas ou tampa de rosca (screw-cap), podem ser guardados em pé, sem problemas. A luz direta sobre a garrafa de vinhos é extremamente danosa ao vinho. A variação de temperatura, assim como as altas temperaturas também deterioram o vinho.



Escrito por Cavazzola às 12h15
[] [envie esta mensagem] []


 
  

APÓS ALGUNS DIAS SEM NOTICÍCIAS BLOG ATUALIZADO AO MENSO 2 X POR SEMANA CONFIRAM...



Escrito por Cavazzola às 12h05
[] [envie esta mensagem] []


 
   Diz o Mestre

Meu caro, preciso lhe dar uma notícia que talvez você ainda não saiba. Pensei em suavizar esta notícia, pintá-la com cores mais brilhantes, enchê-la com promessas de Paraíso, visões do Absoluto, explicações esotéricas. Mas, embora tudo isto exista, não vem ao caso agora.

Respire fundo e prepare-se. Sou obrigado a ser direto e franco e – posso assegurar – tenho absoluta certeza do que estou dizendo. É uma previsão infalível, sem qualquer margem para dúvidas.

A notícia é a seguinte: você vai morrer.

Pode ser amanhã, pode ser daqui a 50 anos, mas, cedo ou tarde, você vai morrer. Mesmo que você não concorde. Mesmo que tenha outros planos.

Pense com todo cuidado no que você irá fazer hoje. E amanhã. E no resto dos seus dias.



Escrito por Cavazzola às 17h35
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Câmara e Senado dão posse a eleitos; veja como serão as cerimônias

Na Câmara, 513 parlamentares assumirão; 61 nunca exerceram mandatos.
No Senado, 54 senadores eleitos em outubro passado serão diplomados.

Robson Bonin Do G1, em Brasília

tapete vermelho
Funcionários da Câmara instalam tapete vermelho
no acesso ao plenário na véspera da posse dos
novos deputados  (Foto: Fabio Tito/G1)

Na primeira sessão do novo Congresso, a partir das 10h desta terça-feira (1), deputados e senadores eleitos ou reeleitos em outubro do ano passado tomarão posse e já terão a missão de escolher os presidentes e integrantes das mesas diretoras das duas Casas para o biênio 2011-2012.

No Senado, 54 parlamentares assumirão mandato de oito anos. Desse total, segundo informações do Senado, 17 já são senadores e foram reeleitos, cinco já foram senadores e estão retornando e 32 estão estreando na Casa. Eles se juntam aos outros 27 senadores que cumprem mandato até 2015.

Segundo o Regimento Interno do Senado, a sessão será presidida pelo presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), que é candidato à reeleição. De pé, os senadores farão o seguinte juramento: "Prometo guardar a Constituição Federal e as leis do país, desempenhar fiel e lealmente o mandato de senador que o povo me conferiu e sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil.”

54 senadores tomam posse nesta terça-feira para mandatos de 8 anos
 

Caberá ao novo senador e ex-presidente da República Itamar Franco (PPS-MG) ler o juramento. Por ordem de criação dos estados que representam, os outros 53 senadores que estiverem sendo empossados dirão apenas "Assim o prometo".

Entre os 513 deputados, segundo dados da Câmara, 288 foram reeleitos ou já passaram por alguma experiência em cargos eletivos nos poderes Executivo ou Legislativo. O número de estreantes na vida política é de 61 deputados que nunca exerceram qualquer cargo eletivo.

Senado
Não há discursos na cerimônia no Senado. Após o juramento, o presidente declara os novos senadores empossados e encerra a sessão. Imediatamente após o fim da cerimônia de posse, os novos senadores iniciam sessão para eleger o novo presidente da Casa. Se houver apenas um candidato para o cargo, a eleição poderá ocorrer no painel eletrônico. Havendo mais de um candidato, a votação será feita em cédulas de papel.

Tapete
Saguão de entrada do Congresso Nacional na segunda-feira (31), véspera da posse de deputados e senadores para a legislatura que se inicia nesta terça-feira (1º)  (Foto: Fabio Tito/G1)

Os candidatos à Presidência são lançados pelos partidos e isso pode ser feito no plenário, na hora da eleição. Até o momento, apenas Sarney e o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP).

Depois de eleger o presidente, os senadores vão escolher os demais membros da nova Mesa do Senado. Serão eleitos dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes de secretários. Cada Mesa eleita tem o papel de administrar o Senado por dois anos. Da mesma forma que na eleição para presidente do Senado, havendo mais de um candidato para os demais cargos, a votação será feita em cédulas de papel.

513 deputados assumem mandato nesta terça para a legislatura 2011-2015

A Constituição prevê que os cargos da Mesa sejam escolhidos a partir da composição das bancadas partidárias. Nesse sentido, o PMDB tem o direito de indicar o presidente da Casa porque elegeu a maior bancada. Por ter a segunda maior bancada, o PT indicará o 1º vice-presidente, que tem a missão de substituir o presidente sempre que preciso.

O segundo vice-presidente substitui o primeiro. Já o primeiro secretário, entre outras atribuições, lê em plenário a correspondência oficial recebida pelo Senado, os pareceres das comissões, as proposições apresentada e todos os documentos que façam parte do expediente da sessão. Além disso, assina e recebe a correspondência do Senado Federal.

O segundo secretário lavra as atas das sessões secretas, entre outras funções. Algumas atribuições dos terceiro e quarto secretários são contar os votos em verificação de votações e auxiliar o presidente na apuração das eleições.

Câmara
Os deputados também vão escolher o novo presidente, dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes. A votação será realizada pelo sistema eletrônico. A estimativa é que o processo eleitoral de todos os cargos da Mesa Diretora seja finalizado em três ou quatro horas.

Sete urnas serão utilizadas pelos parlamentares na eleição da Mesa. Elas foram desenvolvidas pelo Centro de Informática da Câmara e possuem diferentes dispositivos para garantir a segurança e o anonimato dos votos. Os parlamentares serão identificados pela impressão digital antes de registrar os votos, que são criptografados para garantir o sigilo da informação.

A eleição da mesa da Câmara deve começar às 18h. Os partidos e deputados candidatos ao comando da Casa têm até as 17h desta terça para registrar candidaturas. Quem vai coordenar o andamento das eleições será o deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), veterano da Casa, já que o atual presidente Marco Maia (PT-RS), disputa a reeleição.

A votação só será iniciada quando houver pelo menos 257 parlamentares em plenário. Além de Maia, o deputado Sandro Mabel (PR-GO) deve disputar a presidência da Casa com uma candidatura avulsa.

Iniciado o processo de votação, cada deputado registrará todos os 11 votos de uma só vez na urna eletrônica, que traz a foto dos candidatos e tem tela sensível ao toque. Cada deputado demora, em média, entre um e dois minutos para votar, segundo a Câmara. A apuração é realizada por cargo, a começar pelo presidente. Só depois de eleito o novo presidente serão definidos os demais integrantes da Mesa, nesta ordem: dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes.

Para ganhar em primeiro turno, o candidato precisa de 257 votos a favor (maioria absoluta). Se nenhum deles alcançar esse número, será realizado segundo turno entre os dois mais votados, em que será eleito o que tiver o maior número de votos (maioria simples).

Cada secretário tem atribuições específicas, como administrar o pessoal da Câmara (primeiro secretário), providenciar passaportes diplomáticos para os deputados (segundo), controlar o fornecimento de passagens aéreas (terceiro) e administrar os imóveis funcionais (quarto).



Escrito por Cavazzola às 09h17
[] [envie esta mensagem] []


 
   Para quem gosta de um bom carro...

 

Se vc é um amante dos mini aí está o mais novo lançamento da familia o mini 4 portas.



Escrito por Cavazzola às 11h25
[] [envie esta mensagem] []


 
  

 

FELIZ NATAL A TODOS.



Escrito por Cavazzola às 10h49
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Douglas escapa de julgamento e está livre para jogar pelo Grêmio

Meia gremista foi ao STJD e viu o advogado de defesa ter sucesso

Por Eduardo Cecconi Porto Alegre

deivid e douglas, grêmio x atlético-pr
Douglas está pronto para enfrentar o Guarani
(Foto: Edu Andrade / Agência Estado)

Renato Gaúcho recebeu durante a entrevista coletiva concedida no final da tarde desta terça-feira uma boa notícia: Douglas está liberado para jogar pelo Grêmio nas duas rodadas finais do Brasileirão 2010.

O jogador corria o risco de ser punido em julgamento na Segunda Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Deportiva (STJD), mas o advogado de defesa do clube conseguiu convencer os auditores a considerar o caso prescrito. Sendo assim, Douglas sequer foi julgado, e está livre.

- Ótimo, foi o que eu falei na semana passada. Se a imagem mostra algo que o árbitro não viu, alguma sacanagem, tudo bem. Mas uma falta que o juiz viu, aí não. Se for julgar toda a jogada que o juiz não expulsar, vai ter de julgar tudo. Não pode abrir esse precedente - disse Renato Gaúcho, aliviado

A Procuradoria denunciou Douglas por um lance que o árbitro Ricardo Marques Ribeiro não considerou falta. Foi na vitória de 4 a 2 sobre o São Paulo, em 29 de setembro. O meia gremista atingiu Richarlyson, mas Ribeiro nada marcou.

Sem o julgamento, Douglas será titular às 17h de domingo em Campinas, contra o Guarani, pela penúltima rodada do Brasileirão 2010. A Procuradoria do STJD recorreu da decisão.



Escrito por Cavazzola às 00h22
[] [envie esta mensagem] []


 
   Pense nisso!!!

Um guerreiro nunca gasta seu precioso tempo pensando na opinião dos outros.

Conhece pessoas que acham que são importantes, e por causa disso também são gordas, arrogantes, e sem flexibilidade.

Para um guerreiro, a arte do combate deve ser combinada com leveza, ausência de tensão e de ambição.

Um guerreiro é gentil com os outros porque, sobretudo, é gentil consigo mesmo.



Escrito por Cavazzola às 09h56
[] [envie esta mensagem] []


 
   Brasileirão

A fama não seduz Jonas, um goleador caseiro e apegado à família

Artilheiro do Brasileirão pelo Grêmio, Jonas foge da badalação

 

bandeira jonas grêmio estádio olímpico
Jonas contraria o estereótipo do jogador baladeiro
(Foto: Lucas Uebel)

Carro importado, dinheiro, fama e mulheres bonitas. Mantra entoado por muitos jovens que procuram o futebol para realizar sonhos, e utilizam o estereótipo atribuído aos jogadores como referência.

Conceito, entretanto, em desacordo com o perfil do goleador do Brasileirão 2010. Jonas, o camisa 7 do Grêmio, não inspira-se neste comportamento.

Jonas é filho do Seu Ismael e da Dona Maria Luiza, lá de Taiúva. No pequeno município do interior, a mais de 360 quilômetros da capital São Paulo, aprendeu com a família outros valores.

Procura segui-los criteriosamente, sem exceções, mesmo assediado pela repercussão da artilharia no principal campeonato do país. Não sei deixa influenciar.

Dirige carro nacional. Adora comida caseira, de preferência o milho cozido preparado pela mãe. Não gosta de festas. Muito menos de badalação. Poderia, se quisesse, acessar o mundo paralelo idealizado por admiradores dos atletas que se tornam celebridades. Ainda assim, não deixa de ser o mesmo Jonas caseiro e apegado à família.

Sozinho em Porto Alegre, recorre ao telefone para seguir participando do ambiente responsável por orientar seus padrões. São diversas ligações, diariamente.

- Converso com os meus irmãos (Tiago e Diego) durante o dia, mais de uma vez. Falo com meus pais à noite. Com a namorada é pelo rádio, direto. Mas também falo com os tios, com as tias, com os primos. É uma família muito unida.

jonas grêmio
Jonas falou ao GLOBOESPORTE.COM à beira da piscina do prédio onde mora (Foto: Lucas Uebel)

Ele sente muita saudade do afilhado, João André. Tenta ser um padrinho dedicado, mesmo à distância. Inclui o garoto de cinco anos no cronograma de telefonemas, e capricha nos presentes. Encontrou um tênis que reproduz com fidelidade a chuteira que usa nos jogos. Mas João André nem quer saber de futebol.

- Ele gosta é de pescaria. Tentei dar os presentes sobre futebol, mas o que ele gosta mesmo é dos peixes. Dei também um tênis igualzinho à minha chuteira. Perguntei se ele estava usando, e falou que tinha gostado, mas a mãe dele só deixava usar para sair. Eu dei muita risada, falei que era para ele usar. É um tênis verdinho, com solado de futsal.

Sempre que pode, Jonas visita a namorada. Os pais invariavelmente passam algumas temporadas em Porto Alegre. Curtas, pois a saudade dos demais também aperta. São professores aposentados. É o período no qual Jonas diverte-se conversando e assistindo à TV.

- A gente se fala muito, coloca a conversa em dia. Fico sabendo as proezas de todo mundo que está lá. Também é bom para tirar o atraso com as comidas que a mãe faz. Eles adoram novela, eu nem gosto, mas quando estão aqui assisto junto para a gente ter assunto. Eles são caseiros, assim como eu. Vamos na Igreja, o pai vai nos treinos, fica lá quietinho observando.

Jonas Grêmio comemoração Gol
Jonas pode ultrapassar Renato Gaúcho na lista dos maiores goleadores da história do Grêmio.

Jonas tem 21 gols no Brasileirão, e 40 na temporada. Pelo Grêmio, soma 73 - um a menos que Renato Gaúcho, maior ídolo do clube, e hoje seu técnico. É todo este envolvimento com a família que mantém Jonas fiel ao comportamento anterior à fama, e preparado para lidar com ela.

- Fui criado desse jeito. Meus pais me deram uma criação assim. Eles são assim. Como filho, eu me espelho neles. O mais gostoso disso é voltar na sua cidade e o pessoal falar que eu nunca mudei, que eu continuo o mesmo. Meu caso é à parte. Convivi com meus pais até os 20 anos. Fortaleceu muito os laços. Não tive categorias de base porque não aguentava ficar longe da família. O mínimo que eu tinha que fazer era isso.

Eu aprendi que é para chamar atenção só dentro de campo, com gols."
Jonas, artilheiro do Brasileirão

Agir alheio à badalação, segundo Jonas, cria uma expectativa naqueles que gostam do atacante. Tanto a família, como também os amigos e os fãs, esperam do goleador do Grêmio um perfil diferente dos boleiros folclóricos.

- Pelas minhas origens, as pessoas esperam que eu faça em campo o mesmo que eu faço na rua. Se fizer uma coisa diferente, o que é difícil de acontecer, as pessoas já notam - disse Jonas, para recordar na sequência:

- Ano passado fui expulso por uma falta. Um lance de jogo. Meu pai não gostou, e comentou com os meus irmãos. Ele disse 'não criei filho para ser expulso'. Depois ele viu que o lance foi normal, que não tinha sido uma expulsão por algum outro motivo.

Jonas sabe que o estigma da profissão aponta para aquela figura estereotipada, do jogador cercado de luxos e mulheres, às vezes envolvido em confusões. E admite que poderia ter seguido o mesmo exemplo sem a referência familiar:

- Do anonimato para a fama, sem a base da família, isso pode acontecer. Eu aprendi que é para chamar atenção só dentro de campo, com gols



Escrito por Cavazzola às 09h54
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sul, LAGES, Homem, de 26 a 35 anos
MSN - fecavazzola@hotmail.com

HISTÓRICO


CATEGORIAS
Todas as mensagens
 Link



OUTROS SITES
 1) Ortoplan Especialidades Odontológicas
 3) Mobiliza
 4) Veja quanto você paga de Impostos???
 5) Lages
 6) Valderas
 7) Fernanda Rocha
 8) Festa do Pinhão
 9) Grêmio
 10) Santa Catarina Estado de Excelência


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!